01 agosto 2013

IPA participa de Workshop ProSavana no Distrito Federal



Cooperação triangular pretende promover o desenvolvimento
 agrícola da Savana Tropical em moçambicana

Brasília- Delegações do Brasil, Moçambique e Japão participam, até hoje (01/08), no Palácio Itamaraty, de Workshop para discutir propostas e elaborar, em conjunto, um plano de trabalho para o Programa de Extensão Rural e Modelos de Desenvolvimento para Moçambique - ProSavana - PEM do corredor de Nacala.
O trabalho foi iniciado em 2010 e, agora, chega à etapa de construção do Programa de Extensão Rural e Modelos de Desenvolvimento para Nacala, região com grande potencial para a produção de alimentos. O encontro reuniu delegações dos três países. O grupo brasileiro de extensionistas é composto por Ditmar Alfonso Zimath, Marcos Alves da Silva, Luiz Augusto Rocha, José Alexandre Ramos Trannin, Armando Jorge Luiz da Silva, Maria Auxiliadora Tavares Carvalho e Silvana Maria de Lemos.

De acordo com a extensionista do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) Silvana Lemos, a experiência do Brasil tem muito a contribuir com a construção de um programa de extensão rural para Moçambique. Ela afirma, no entanto, que é importante que se construam propostas que atendam a realidade rural e as necessidades dos agricultores moçambicanos e suas organizações.
 
Criar condições de infraestrutura, capacidade técnica e metodológica, organização e gestão e articulação de políticas públicas para estruturação dos serviços de extensão rural são, de acordo com o presidente do IPA e da Asbraer, Júlio Zoé de Brito, assuntos que estão sendo debatidos amplamente. Outros temas também discutidos estão relacionados à melhoria das condições de vida dos agricultores como meios de produção, acesso ao conhecimento e tecnologia, renda, titularização da terra, organização dos agricultores, principalmente jovens e mulheres, acesso a serviços básicos, como saúde, educação e lazer.
 
Temas macros que dizem respeitos às dificuldades enfrentadas pelos países também fazem parte das discussões, como a importação de alimentos, produção insuficiente nacional de alimentos e a segurança alimentar e nutricional. O coordenador da SAF/MDA, Hur Ben Silva, apresentou o Sistema de Assistência Técnica e Extensão Rural e a Política Setorial do Governo Brasileiro para a Agricultura Familiar. 
 

A ASBRAER, MDA, SENAR e IPA vêm apoiando na formulação desse programa, por meio de seus especialistas das áreas técnicas e de planejamento, contribuindo nas discussões que dizem respeito às experiências brasileiras na implantação dos serviços de Ater. Participam, ainda, do evento o diretor da Agência Brasileira de Cooperação Técnica, Fernando Abreu, o diretor Nacional de Extensão Agraria do Minag de Moçambique, Fernando Mavie, e o Vice-Diretor do Departamento de Desenvolvimento Rural da JICA Matriz do Japão, Koji Makino.Ascom/IPA

Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PARCERIA
















Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI