23 janeiro 2014

Com presença de Dilma, Arena das Dunas é inaugurada

A Arena das Dunas foi inaugurada na noite desta quarta-feira, em cerimônia que contou com a presença da presidente Dilma Rousseff e do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, além de outras autoridades. Com a entrega do estádio em Natal, já estão prontas sete das 12 sedes dos jogos da Copa do Mundo - a previsão é de que as restantes sejam finalizadas até abril.

Antes da Arena das Dunas, já tinham ficado prontos os seis estádios que foram utilizados também na Copa dos Confederações, em junho - em Brasília, Rio, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador e Recife. Assim, resta agora inaugurar o Beira-Rio (Porto Alegre), a Arena Amazônia (Manaus), a Arena Pantanal (Cuiabá), o Itaquerão (São Paulo) e a Arena da Baixada (Curitiba).

Entre os que ainda faltam ser entregues, o caso mais grave é da Arena da Baixada. Preocupado com o andamento das obras no estádio, Valcke chegou a admitir a possibilidade de Curitiba ser excluída da Copa. No caso do Itaquerão, houve um atraso de três meses por causa do acidente em novembro que matou dois operários mas a inauguração está prometida para abril.

A inauguração desta quarta-feira atraiu um grupo de manifestantes, que fez um protesto nos arredores do estádio. Com organização de sindicatos de servidores públicos estaduais, cerca de 200 pessoas, de acordo com a Polícia Militar, foram às ruas de Natal protestar contra os gastos públicos na Copa e contra o governo da governadora do Estado, Rosalba Ciarlini (DEM).

Durante o evento, Dilma fez uma rápida visita pelas instalações da Arena das Dunas, acompanhada pela governadora do Rio Grande do Norte. No centro do gramado, a presidente deu um chute simbólico na bola oficial da Copa para marcar a inauguração. Depois, tirou fotos com alguns funcionários. E foi embora sem discursar, mas fez um breve pronunciamento.

"Fiquei encantada com a beleza desse estádio. Fiquei encantada que ele saiu 3% abaixo do preço orçado e que é um estádio ambientalmente sustentado", afirmou Dilma, ressaltando que, além do futebol, a Arena das Dunas poderá receber convenções e eventos. "Esse estádio vai contribuir também para esse imenso potencial turístico que Natal tem."

Depois da cerimônia oficial realizada nesta quarta-feira, a Arena das Dunas terá a disputa de seus primeiros jogos no domingo, quando acontece uma rodada dupla no estádio, já com a presença das duas maiores torcidas de Natal. O América-RN enfrenta o Confiança (SE) pela Copa do Nordeste, enquanto o ABC recebe o Alecrim em rodada do Campeonato Potiguar.

Com investimento de R$ 400 milhões, sendo R$ 396,5 milhões de financiamento federal, a Arena das Dunas foi construída na área onde ficava o antigo Machadão, principal praça esportiva de Natal, que tinha sido erguido em 1972 e foi demolido para ser substituído pelo novo estádio. Ao todo, foram 29 meses de obras, com a participação de cerca de 4.500 trabalhadores.

Ao todo, a Arena das Dunas tem capacidade para acomodar 42 mil torcedores, sendo que 10,6 mil assentos são removíveis. Na Copa do Mundo, o estádio em Natal será palco de quatro partidas, todas válidas pela primeira fase: México x Camarões (em 13 de junho), Gana x Estados Unidos (em 16 de junho), Japão x Grécia (em 19 de junho) e Itália x Uruguai (em 24 de junho).
Fonte: Agência Estado
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI