12 fevereiro 2014

Adalberto Cavalcanti apresenta mais dois Projetos de Lei na Alepe


05.30-ADALBERTO CAVALCANTI-2

Com apenas dez dias após a volta do recesso parlamentar, o deputado Adalberto Cavalcanti (PTB) já apresentou seis Projetos de Lei na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe). Nesta quarta-feira (12), o Diário Oficial publicou mais duas propostas do parlamentar.
O primeiro deles beneficia a população de baixa renda, cadastradas nos programas de assistência social. A proposta determina que essas pessoas possam adquirir seus contadores de energia e hidrômetros de água, tendo o seu valor dividido em até dez parcelas fixas e sem juros, nas concessionárias responsáveis. O texto prevê ainda que seja garantida a isenção da taxa inicial de ligação dos serviços, a ser regulamentado pelo Poder Executivo.

Para o vice-líder do PTB na Alepe, o Projeto de Lei nº 1825/2014 visa corrigir um erro que desrespeita as famílias de baixa renda. “As famílias mais carentes têm direito aos serviços de energia elétrica e de abastecimento de água. Nosso projeto insiste no parcelamento desses valores, em custo fixo e sem juros, e ainda, na isenção da taxa de ligação inicial”, afirma Adalberto Cavalcanti.

Já o segundo projeto (PL nº 1826/2014) apresentado pelo petebista se preocupa com as questões de segurança no entorno de áreas de transporte ferroviário. O texto determina que as empresas que operam o sistema deverão implantar algumas medidas de segurança, como o isolamento das laterais dos trilhos em áreas urbanas, muros com dispositivos impeditivos de acesso e sistema de câmeras integradas ao Pacto pela Vida. O parlamentar lembrou também do acesso a esses espaços com construção de rampas para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

Preocupado com a questão ambiental, Adalberto Cavalcanti ainda inseriu no texto o plantio de vegetais de grande porte no entorno das áreas de ferrovia, visando à criação de pulmões verdes, para compensar a poluição causada pelos seus veículos. As empresas que operam o sistema também deverão colocar cancelas de acesso à linha férrea que possuam tamanho suficiente para não permitir a entrada de animais.

Os animais que forem encontrados na área restrita devem ser apreendidos e entregues aos centros de vigilância sanitária do município em que existir a ocorrência. No caso de animais silvestres, o CIPOMA ou IBAMA devem ser notificados para o resgate seguro dos animais.

“Em diversas localidades da região metropolitana, qualquer pessoa tem acesso aos trilhos, pondo em risco não só a sua vida como aos demais usuários do sistema de trens. Na Avenida Sul, próximo ao bairro de Afogados, o mato já invadiu toda área lateral da linha férrea, servindo de abrigo para o crime e o uso de drogas. No Distrito de Pontezinha, animais circulam por toda a linha férrea, já que não há um muro ou cancela que impeça a presença de animais, causando riscos para todos”, alertou Adalberto Cavalcanti.

Além dos dois projetos, o petebista ainda fez indicações ao Governo do Estado para implantação imediata de ramais e adutoras, além de adotar providências necessárias e urgentes para a limpeza de barreiros e bojos de açudes de várias localidades na zona rural de Petrolina. 
Assessoria do Dep. Adalberto Cavalcanti
Vice-líder da Bancada do PTB na Casa Joaquim Nabuco

Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI