13 fevereiro 2014

Deputado Adalberto Cavalcanti cobra mais uma vez medidas de segurança no Sertão do Estado



Preocupado com a insegurança que assusta as cidades do Sertão do Estado, o deputado estadual Adalberto Cavalcanti (PTB) usou a Tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para cobrar do Governo do Estado mais ações no combate a violência. O parlamentar relatou o clima de tensão vivido na região.

De acordo com o parlamentar, em Santa Maria da Boa Vista, o comércio vem sendo o alvo dos bandidos. “Toda semana recebemos queixas sobre os comércios que são assaltados em Santa Maria da Boa Vista. Esse problema não é só do município, mas de todo Sertão”, disse o parlamentar, lembrando os assaltos a um carro forte e um ônibus na estrada que liga os municípios de Petrolina e Afrânio. Adalberto destacou ainda as investidas dos ladrões a caixas eletrônicos e agências bancarias em Afrânio e Dormentes.

Em Petrolina a situação não é diferente. Na manhã da última terça-feira (11), um gerente comercial teve a sua moto roubada no centro da cidade. O município registrou, no mês de janeiro, 14 homicídios. Em comparação ao mesmo período do ano passado houve um aumento de 40%.

Apesar de registrar a posse do novo comandante do 5º BPM, o tenente-coronel Ricardo Peres, e desejar boa sorte no novo desafio, Adalberto Cavalcanti não poupou críticas ao Governo do Estado. Segundo o parlamentar, há cerca de 20 anos o efetivo do batalhão era de 600 militares, e hoje, com mais de 300 mil habitantes, o número de militares permanece. O mesmo problema acontece em Afrânio, onde apenas quatro policiais fazem a segurança da cidade com cerca de 20 mil habitantes.

Adalberto Cavalcanti também aproveitou a Tribuna para cobrar ações efetivas da Secretaria Estadual de Educação. De posse de um ofício enviado a ele pelo gestor Carlos Augusto do Nascimento, da Escola de Referência Professora Edite Matos, em Santa Maria da Boa Vista, o deputado revelou que desde 2007 a unidade de ensino vem pleiteando funcionários para limpeza do prédio, mas nunca foi atendido. Esse serviço está sendo realizado pelos próprios professores e alunos.

Situação idêntica vive a Escola de Referência Professora Irene Maria Ramos Coelho, em Afrânio, que também não conta com funcionários de limpeza. Ainda em Afrânio, o parlamentar trouxe à Tribuna o drama da Escola Antônio Cavalcanti Filho, que há 3 anos foi demolida e até hoje nenhuma obra foi feita. “Os alunos estão assistindo aulas em um deposito e as salas parecem mais uns cubículos”, revelou o deputado, mostrando as fotos da situação para o plenário.

Assessoria do Dep. Adalberto Cavalcanti
Vice-líder da Bancada do PTB na Casa Joaquim Nabuco

Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI