25 fevereiro 2014

Justiça nega habeas corpus para acusados da morte de cinegrafista


Fábio Raposo e Caio Silva (Foto: Reprodução GloboNews)

A Justiça do Rio negou nesta terça-feira (25) o habeas corpus para Caio Silva de Souza e Fábio Raposo – acusados da morte do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade. A informação foi divulgada pelo Tribunal de Justiça e a decisão foi do desembargador Marcos Quaresma. O pedido havia sido feito pelo advogado Jonas Tadeu na segunda (24).
“Indefiro a liminar, por não vislumbrar de plano qualquer ilegalidade no decreto prisional ora impugnado, tratando-se de prisão devidamente regular”, decidiu o desembargador.
Os dois são acusados pelo Ministério Público de homicídio doloso triplamente qualificado – por motivo torpe, sem dar chance de defesa à vítima e com emprego de explosivo –, além do crime de explosão. O cinegrafista Santiago Andrade foi atingido na cabeça por um rojão quando registrava um protesto contra o aumento da passagem de ônibus no dia 6 de fevereiro. Ambos estão presos preventivamente no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. (G1)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI