14 março 2014

Corpo de Paulo Goulart é enterrado ao som de ‘Eu Sei que Vou Te Amar’

Nicette Bruno dá o ultimo adeus ao marido, o ator Paulo Goulart, no cemitério da Consolação, em São Paulo

Durante o enterro, a atriz Nicette Bruno -com quem Goulart ficou casado por 60 anos – e os filhos do casal, Beth Goulart, Paulo Goulart Filho e Bárbara Bruno, ficaram abraçados em frente ao túmulo do ator, emocionados. Nicette inclusive depositou uma flor branca sobre o caixão do marido.
O corpo do ator Paulo Goulart foi enterrado na tarde desta sexta (14), às 14h15, ao som da música “Eu Sei que Vou te Amar”, no Cemitério da Consolação, em São Paulo. A música de Tom Jobim vinha do rádio do carro da família do ator, posicionado próximo ao local onde ele foi enterrado.
Após o ator ser enterrado, um fã puxou um coro da música “Canção da América”, de Milton Nascimento, e muitos dos presentes cantaram. O público também puxou uma salva de palmas para homenagear Goulart.
O corpo de Goulart chegou ao cemitério da Consolação por volta das 13h50. A família se reuniu na capela do local para uma breve oração, antes de o corpo ser levado ao túmulo por oficiais da guarda civil.
Nicette e os filhos deixaram o cemitério poucos minutos depois do enterro. Antes de entrar no carro da família, a atriz recebeu um abraço do autor de novelas Silvio de Abreu.
Desde quinta, o corpo foi velado no Theatro Municipal, onde reuniu artistas e anônimos. Aberto ao público nesta sexta, o velório de Goulart atraiu entre dez e onze mil pessoas – algumas reunidas em frente ao teatro desde as 7h.
Velório foi aberto ao público na manhã desta sexta (14)
Por volta das 7h30 desta sexta, cerca de setenta pessoas aguardavam em frente ao Theatro Municipal de São Paulo para se despedir do ator Paulo Goulart. O velório de Goulart, que começou na noite de ontem, apenas para amigos e familiares, foi aberto ao público às 8h40 desta sexta.
O músico Humberto Tim, de 62 anos, contou que conheceu Goulart no Festival da Comunicação, em 1972. “O Paulo e a mulher dele estavam lá. Eu participei apresentando duas músicas com meu irmão e conversei um pouco com eles. Isso ficou guardado. Para mim, eles são o casal exemplar da televisão, do cinema e do teatro”, afirmou.
A aposentada Noélia de Abreu, de 66 anos, mora em Lauzane, na zona norte de São Paulo, e fez questão de se despedir do ator. “Vim só para o velório. Gostava de ver o Paulo Goulart atuando. Eles são uma família exemplo, que transmite muita alegria e cativa a gente. Por isso quis vir dar apoio e solidariedade”, contou.
O funcionário público José Lopes Sobrinho, de 63 anos, contou que foi aluno de Paulo Goulart no Teatro Paiol. “E meu maior prêmio foi uma ponta em que contracenei com a Nicette Bruno, na novela ‘Salário Mínimo’. A vi lá dentro e dei meus sentimentos. Fiz outras pontas em novelas como ‘Direito de Nascer’, tudo graças ao Paulo Goulart. Essa família é um patrimônio do Brasil”, elogiou.
Bem abatido, o senador Eduardo Suplicy deu um abraço em Nicette Bruno e contou que não tinha como não ir ao velório. “Como senador por São Paulo, acho muito bonito ver que ele está sendo homenageado por pessoas de todas as partes de São Paulo e do Brasil. Que bom que nós temos artistas tão grandes como o Goulart. Lembrarei dele como uma pessoa muito boa, sempre tive uma imagem positiva dele. Desde os meus tempos de estudante, gostava muito deles no teatro. Lembro dele e da Nicette fazendo algo que inspirou a mim e a todos os brasileiros”, afirmou.
O cantor Agnaldo Timóteo foi tietado e cumprimentou o público antes de falar com a imprensa no velório de Goulart. “Nós éramos amicíssimos. Sou grato a Deus por tê-lo levado, porque enfrentar um câncer por sete anos não é fácil. Guardo do Paulo a boa conduta. Ele e a Nicette são um casal irretocável, exemplo para todas as famílias”, afirmou.
A atriz Neusa Maria Faro afirmou que levará a melhor lembrança possível de Goulart. “Trabalhei com ele várias vezes e vou levar uma lembrança maravilhosa do ator e do amigo. A Nicette tem uma força muito grande, encara a morte de uma maneira muito bonita e sabe que vai encontrar com ele quando chegar a hora”.
Ator morreu cercado pela família
Segundo Pierina Moraes, sócia da produtora da família, o ator morreu por volta das 13h30, na unidade semi-intensiva do Hospital São José – Beneficência Portuguesa, cercado pela mulher e os filhos, os também atores Beth Goulart, Bárbara Bruno e Paulo Goulart Filho, e netos.

O ator estava internado desde o dia 8 de janeiro no hospital. “No dia 26 de fevereiro, eles completaram 60 anos de casados. Foi todo mundo para o hospital e comemoramos a data”, lembrou Pierina, acrescentando que a família está muito triste com a perda. “É uma família amorosa, carinhosa e unida. Estão todos muito tristes”, lamentou.
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI