22 abril 2015

Tornado no oeste de Santa Catarina deixa dois mortos, 120 feridos e mais de mil desabrigados

Casa onde estava casal de idosos ficou destruída após tornado em Xanxerê (Foto: Laion Espíndula/G1)
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) confirmou na manhã desta terça-feira que um tornado atingiu a cidade de Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina, no fim da tarde desta segunda-feira. Duas pessoas morreram e 120 pessoas ficaram feridas – três em estado grave, que estão internados em hospitais de cidades vizinhas. Segundo informações da Defesa Civil, 40% dos imóveis em sete bairros foram atingidos. Falta luz, telefonia e água na cidade. Ainda há 30 vítimas internadas em hospitais da região. Cerca de mil pessoas estão desabrigadas.


Estima-se que o tornado, na escala de classificação que vai de zero a cinco, tenha sido de nível dois e durou três minutos. Os ventos podem ter ultrapassado a velocidade de 250 km/h às 15 horas, horário do fenômeno. O tornado é uma coluna giratória e violenta de ar entre a nuvem e o solo. Segundo o Inmet, é a mais destrutiva de todas as tempestades na escala de classificação dos fenômenos atmosféricos.
Um dos mortos é o motorista Alcimar Sutil, 33, que ficou abraçado ao filho tentando protegê-los dos escombros. Antes, ele conseguiu retirar a mulher e a filha de 3 meses da casa, que desabou. O filho de 4 anos está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Chapecó. A mulher também está hospitalizada. A outra vítima, segundo a Polícia Militar, é Deonir Conin, de 31 anos, que trabalhava em uma obra no momento do tornado.
De acordo com o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, 20 pessoas foram encaminhadas aos hospitais da região, com ferimentos que vão de cortes a amputações. O prefeito da cidade esteve nos hospitais durante a madrugada. – É uma cena que eu nunca pensei passar – disse à TV Globo.
Dois coordenadores regionais da Defesa Civil de Santa Catarina trabalham em Xanxerê para realizar um levantamento do número de afetados, desabrigados e ou desalojados. Durante o temporal isolado, dez torres de energia, que suportariam ventos de até 200 km/h e pesam dez toneladas cada, foram arrancadas do solo e a cidade está sem energia elétrica. A falta de luz prejudica vários serviços, como postos de combustíveis.
O Ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, confirmou presença nesta terça-feira, em Xanxerê. A previsão é que Occhi chegue ao município por volta de 18h. O Governador Raimundo Colombo acompanhado do Secretário Adjunto de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli faz um levantamento do volume de danos no município. Eles visitam as áreas mais afetadas.
Os números atualizados dão conta de que pelo menos 10 mil pessoas foram afetadas pelo temporal. Cerca de 2,6 mil residências foram afetadas pelo evento. Mais de 300 pessoas receberam atendimentos médicos e mais de 120 foram hospitalizadas. Houve solicitação de um grupo técnico em engenharia do exército, que deve começar trabalhar ainda hoje no município. Eles vão atuar no diagnóstico e distribuição de itens de auxílio huanitário.(Jornal O Globo)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI