05 maio 2016

Deputado Adalberto Cavalcanti leva o Caso Beatriz para a Câmara Federal

Deputado Federal Adalberto Cavalcanti no plenário da Câmara Federal
Na tarde desta quarta-feira(04) em pronunciamento no plenário da Câmara Federal, o Deputado Adalberto Cavalcanti proferiu um contundente discurso, denunciando a violência em Petrolina e registrando entre outros fatos, o episódio do assassinato da garota Beatriz, que até o momento a polícia ainda não conseguiu desvendar. Acompanhe o discurso do deputado:
O SR. PRESIDENTE (Carlos Manato) – Concedo a palavra ao Deputado Adalberto Cavalcanti.
O SR. ADALBERTO CAVALCANTI (Bloco/PTB-PE.) – Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o que me traz hoje aqui, de Pernambuco, é o caso da garota Beatriz, uma garota de 7 anos que foi assassinada barbaramente no dia 10 de dezembro de 2015. Ela foi encontrada numa sala de aula de uma escola privada, em Petrolina, com mais de 47 facadas.
Até agora, ninguém sabe quem é — e ninguém viu — o assassino ou os assassinos. Até o momento, a polícia não conseguiu desvendar o crime. A sociedade continua incrédula diante do fato.
A Policia Civil não chegou ao assassino, ou aos assassinos, e já vamos completar 5 meses sem respostas. Imaginem como estão os pais dessa garota até hoje.
A cidade cobra. As pessoas criaram vários grupos de apoio ao caso Beatriz em Petrolina. Já entrou delegada, já saiu delegado, já trouxeram perito especial, já promoveram reuniões com a imprensa, mas não há nada concreto.
Petrolina vive um caos na violência. O Governo perdeu o controle. Em Pernambuco, nossa segurança é insegurança.
Já estive com o Governador, Paulo Câmara, pedindo-lhe mais celeridade no caso da menina Beatriz. Pedi mais policiamento para o sertão, porque as famílias lá estão assustadas. O número de crime aumenta a toda hora. O pacto pela vida deu lugar agora ao pacto pela morte. E eu pergunto: até quando isso?
Por isso, estou aqui, na tribuna desta Casa, para protestar e para cobrar. Pernambuco precisa rever as suas políticas de segurança. Precisamos de mais policiais nos batalhões e nas cidades. O povo de Petrolina e de Juazeiro anda aterrorizado pela falta de segurança na cidade e no campo.
Ontem mesmo, eu vi a TV Record cobrando, o povo assustado na cidade do Recife. Na Capital, houve 270 assaltos no mês de abril, dentro dos ônibus. Vou pedir uma audiência com o Superintendente da Polícia Federal, aqui em Brasília, para que a Polícia Federal possa entrar no caso da menina Beatriz, lá em Petrolina, e que, pelo menos, esse crime não fique impune.
Estou fazendo a minha parte, e se os outros Deputados de Pernambuco, também, fizessem a sua parte, cobrando do Governador mais agilidade, mais competência, mais compreensão, quem sabe, nós estaríamos vivendo dias melhores.
Faço um apelo ao Governador, Paulo Câmara. Estou preocupado com a segurança do Estado de Pernambuco. Na minha cidade mesmo, Afrânio, cuja Prefeita é minha esposa, o banco está fechado há 2 meses porque agência nenhuma quer botar mais banco nas cidades.
No mês passado, foram mais de 20 arrombamentos nas cidades. Quer dizer, a insegurança está amedrontando, assombrando os pernambucanos. Então, eu quero fazer um apelo ao Governador, Paulo Câmara, para que tome providência a respeito da segurança.
Muito obrigado, Sr. Presidente.
O SR. PRESIDENTE (Carlos Manato) – Obrigado, nobre Deputado.
Ascom
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI