06 setembro 2017

Senador Fernando Bezerra Coelho filia-se ao PMDB em Brasilia e ato esquenta a eleição para 2018 em Pernambuco

Senador Fernando Bezerra Coelho assina a ficha de filiação  do PMDB e pode ser o candidato do partido ao governo de Pernambuco em 2018
O senador Fernando Bezerra Coelho assinou nesta quarta-feira (6) sua filiação ao PMDB, oficializando a saída do PSB após 12 anos no partido. O presidente nacional do PMDB, Romero Jucá (RR), que articulou a ida do parlamentar para a sigla, confirmou durante o ato em Brasília que FBC será o candidato da legenda ao Governo do Estado. Os peemedebistas eram os principais aliados do governador Paulo Câmara (PSB) na gestão.
“O PMDB terá candidatos fortes nos estados e fará coligações fortes. Começamos com Pernambuco mas vamos anunciar outros nomes em vários Estados”, disse Jucá.
FBC quis ser candidato a governador pelo PSB em 2014, mas Eduardo Campos priorizou Paulo Câmara. Depois, já eleito, o senador quis indicar o secretário de Desenvolvimento Econômico, cargo que ocupou no governo Eduardo e o levou a ser investigado na Operação Lava Jato, porém foi limado pelo governador
Ministros e o Prefeito de Petrolina Miguel Coelho prestigiaram o ato de filia;’ao do Senador em Brasilia nesta quarta-feira
.
Hoje, está à frente da pasta o vice-governador, Raul Henry, presidente do PMDB em Pernambuco. Após reunião nessa terça-feira (6) com Fernando Bezerra Coelho, Jucá afirmou à imprensa que “alguns nomes” do partido localmente pediram a destituição do diretório estadual, o que pode tirá-lo da vaga se for aceito na próxima reunião da executiva nacional, ainda sem data.
O Senador Armando Monteiro(PTB) participou da solenidade em Brasilia
Raul Henry está em viagem oficial à China e ainda não quis comentar publicamente as possíveis mudanças no partido. Quando voltar, ainda deverá se reunir com o aliado Jarbas Vasconcelos, que tem tradicionalmente o comando da sigla no Estado, e possivelmente com Fernando Bezerra Coelho. O PMDB local ainda não informou como fica a relação com o PSB nem se vai recorrer judicialmente caso o diretório seja dissolvido.
Antecipando o palanque de 2018, FBC esteve com o filho, o ministro Fernando Filho (Minas e Energia) em Caruaru, no Agreste, na semana passada. Com nomes da oposição como os ministros Bruno Araújo (Cidades, em vaga do PSDB) e Mendonça Filho (Educação/DEM), além do senador Armando Monteiro Neto (PTB), anunciou a formação de uma frente de oposição contra o PSB, que está voltando a buscar uma aliança com o PT.
Fonte: Vinicius de Santana
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI