27 novembro 2017

Brasil pode ficar sem previsão do tempo por falta de recursos

O Brasil pode ficar sem previsão do tempo em breve. Isso porque o supercomputador Tupã, do Centro de Previsão de Tempo e Meteorologia (Cptec), está próximo de parar de funcionar, o que os especialistas chamam de “end of life”, (“fim da vida”, em tradução livre).
Caso esse computador realmente pare, o Brasil fica sem a previsão do tempo, o que pode afetar imediatamente setores como agricultura, energia e prevenção de desastres naturais, de acordo com o Cptec.
A máquina quebrou no dia 19 deste mês e ficou sem funcionar durante a segunda-feira seguinte, que era feriado. Apenas na terça-feira (21) teve as atividades normalizadas. O computador chegou a uma fase em que mesmo com as manutenções constantes pode parar a qualquer momento. O contrato da máquina venceu em outubro e não foi renovado por falta de recursos financeiros.
A empresa que presta os serviços de manuntanção da máquina constinua a operar para o Cptec, mas sem o pagamento, e apenas nos dias de semana e em horário comercial, segundo o centro de previsão de tempo.
Ou seja, na terça-feira (21) a previsão do tempo no país foi feita com dados incompletos e atrasados do domingo de manhã.
O supercomputador foi comprado em 2010, por R$ 50 milhões, e era considerado um dos 30 mais velozes do mundo. No entanto, hoje não configura nema lista do top 500, mas ainda assim é o principal recurso meteorologico do país, segundo o Cptec.
O Cptec está solicitando uma nova máquina desde 2014, mas sem respostas positivas. O custo seria de cerca de de R$ 120 milhões. O ideal é que máquinas desse tipo sejam trocadas a cada 4 anos.
Considerando os custos, o Cptec propôs então substituir os processadores do computador para dar uma sobrevida de dois anos à maquina. O centro conseguiu R$ 10 milhões, por meio de recursos ministeriais e emendas parlamentares, mas ainda não está com o dinheiro em mãos. O problema é que o recurso só pode ser pedido até 8 de dezembro deste ano, depois dessa data é preciso começar o processo burocrático novamente.
Mas mesmo com o dinheiro para a compra, leva cerca de dois anos para ter o novo computador em mãos, instalado e funcionando, considerando a licitação internacional e a parte burocrática.
(Infomoney)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PARCERIA
















Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI