01 agosto 2018

Oficial: Em Pernambuco, Executiva do PT retira Marília da jogada e apoia candidatura de Paulo Câmara

Executiva Nacional do PT decidiu, há pouco, retirar a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) ao governo de Pernambuco, por 17 votos a favor e 8 contra. A decisão ocorreu após o PSB optar pela neutralidade no 1º turno das eleições 2018, em detrimento de apoio a Ciro Gomes (PDT).
O PT irá apoiar o PSB nos estados de Pernambuco, Paraíba, Amapá e Amazonas. A legenda também indicará o senador Humberto Costa para ser candidato à reeleição na chapa de Paulo Câmara.
Em tempo, Marília Arraes e o grupo que defende a candidatura própria do PT no Estado darão uma entrevista coletiva, às 18h, na sede da CUT-PE.

PT justifica apoio ao PSB: “Lula é prioridade”

Nota oficial

Resolução sobre tática eleitoral
O Partido dos Trabalhadores, por meio de resolução do Diretório Nacional de dezembro de 2017, decidiu conferir prioridade absoluta à candidatura do companheiro Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República.
A primazia do projeto nacional nas eleições de 2018 foi reiterada em sucessivas resoluções do Diretório Nacional e da Comissão Executiva Nacional, orientando e vinculando a este projeto as alianças nos estados.
Com o objetivo de fortalecer a unidade do campo popular em torno da candidatura Lula, e na perspectiva de construir as condições políticas para que uma aliança progressista governe o país a partir de janeiro de 2019, a direção do PT desenvolveu intenso diálogo com outros partidos, prioritariamente PSB e PCdoB, com os quais temos vínculos históricos.
PSB e PCdoB estão entre os cinco partidos que assinaram conosco, por meio das fundações partidárias, o manifesto programático Unidade para Reconstruir o Brasil. Nestas eleições, já estamos juntos na Bahia, Acre, Ceará e Maranhão, e trabalhando para constituir alianças no maior número possível de estados.
O PT entende que a unidade do campo popular é necessária para superarmos a profunda crise do país, reverter a agenda do golpe e retomar o projeto de desenvolvimento com inclusão, onde o povo e os trabalhadores voltem a ser o centro das ações de governo.
Nessa perspectiva, o PT decide incorporar-se às campanhas em que esses aliados históricos disputam governos estaduais, criando as condições para ampliar nacionalmente o apoio à candidatura Lula.
Diante disso, a Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores, com base no Artigo 159 do Estatuto do PT e cumprindo as resoluções do Diretório Nacional sobre a candidatura do companheiro Lula à Presidência da República, resolve, como diretriz estabelecida por esta instância:
  1. Apoiar, nos estados do Amazonas, Amapá, Paraíba e Pernambuco, os candidatos a governador do PSB, assim como já apoiamos a candidatura do PCdoB no Maranhão;
  2. Formalizar este apoio por meio da integração do PT às respectivas coligações majoritárias;
  3. Formalizar o convite ao PROS para integrar a coligação nacional em torno da candidatura Lula.
Brasília, 10 de agosto de 2018
Comissão Executiva Nacional do PT
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PARCERIA
















Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI