28 setembro 2018

Médicos detectam infecção e alta de Bolsonaro é adiada

Com alta prevista para esta sexta-feira, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, só deverá deixar o hospital Albert Einstein sábado ou domingo. A equipe médica decidiu que o presidenciável permanecerá mais um ou dois dias internado para continuar um tratamento prolongado de antibióticos.
A continuidade dos antibióticos é porque, segundo os médicos, foi constatada uma infecção bacteriana, diagnosticada após a retirada do cateter. Segundo médicos, normalmente, assim que retirado, a ponta do cateter é analisada para verificar se há confirmação de bactéria. Em caso positivo, os médicos retomam o tratamento à base de antibióticos.
A campanha de Bolsonaro já estava se preparando para levá-lo para o Rio de Janeiro na tarde desta sexta-feira. Ele seguiria em um voo comercial, acompanhando de familiares, assessores e parte da equipe de segurança.
Bolsonaro foi atacado com um golpe a faca enquanto fazia campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais, no dia 6 de setembro. Ele passou por uma cirurgia horas depois na Santa Casa da cidade, de onde foi transferido no dia seguinte para o Albert Einstein
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PARCERIA
















Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI