30 novembro 2018

Motorista Pernambucano feito refém durante assalto no Maranhão está desaparecido

Um caminhoneiro pernambucano feito refém durante um grande assalto a banco em Bacabal, no Maranhão, está desaparecido desde domingo (25), dia da ação. O veículo que ele conduzia antes de ser abordado foi encontrado nesta quinta-feira (29), na saída da cidade.
De acordo com o delegado Luciano Bastos, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, o caminhão de Obadias Pereira da Silva, de 44 anos, foi encontrado carbonizado em uma estrada de Bacabal, a cerca de 240 quilômetros de São Luís. A polícia acredita que o caminhoneiro ainda esteja sendo mantido refém.
“Ele é o único refém que não apareceu. Provavelmente ele saiu do seu veículo e dirigiu o caminhão usado pelos criminosos. Se ele tivesse morrido, o corpo já teria sido achado. Tudo indica que ele ainda está sendo feito refém.”, relatou o delegado.
Família angustiada
Antes de desaparecer, Obadias enviou um áudio aos parentes, que moram no Ibura, Zona Sul do Recife, informando sobre a ação criminosa.  “Neste momento, eu estou aqui como refém, aqui na estrada. Estão explodindo banco e eu estou na BR. Só Deus aqui. É tanto tiro e eu estou aqui como refém”.
Sem notícias do caminhoneiro, a família se angustia. “Meu pai estava no assalto a banco, estava passando pela cidade quando o bandido o assaltou para transportar o dinheiro roubado no Banco do Brasil. Ele mandou o áudio no domingo, por volta das 22h30”, disse Danielly Alves, filha do caminhoneiro. Segundo ela, o pai era uma pessoa muito calma.
Assalto milionário
Ainda segundo o delegado, a estimativa é de que quase R$ 100 milhões tenham sido roubados. “Até agora, R$4 milhões foram recuperados e tinha R$2 milhões no banco”, relatou.
De acordo com a polícia, cerca de 40 suspeitos participaram da investida. Apenas três deles foram capturados. Um ficou ferido.
O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Obadias pode entrar em contato com a Polícia Civil ou com a família da vítima pelo número (081) 9.8682-0460 (Danielly, filha), ou (081) 9.9754-9720 (Eliude, Esposa). (Via: Jc Online)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI