13 abril 2019

Pedido de Gilmar coloca 2ª Turma para decidir sobre liberdade de Lula em sessão presencial

O pedido de liberdade para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) será julgado presencialmente pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma solicitação do ministro Gilmar Mendes tirou o julgamento do plenário virtual do colegiado.
A mudança faz com que a análise do habeas corpus solicitado pela defesa de Lula, que foi iniciada virtualmente nesta sexta-feira (12), fique ainda sem data para ser apreciada. Na apreciação virtual, os ministros votam em um sistema interno da entidade, em um prazo de uma semana.
A Segunda Turma do STF é composta pelo relator da Operação Lava Jato na Corte, ministro Edson Fachin, e pelos ministros Celso de Mello, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski, além de Gilmar.
Os advogados de Lula tentam alterar a decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Félix Fischer, que negou sozinho o recurso especial do ex-presidente contra sua condenação em segunda instância no processo do tríplex do Guarujá. A defesa solicita que a sentença seja anulada e o petista seja solto. (Via: Folhapress)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI