06 junho 2016

Procuraddor Janot pediu busca e apreensão contra o Senador Aécio Neves

images-cms-image-000501166
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chegou a pedir uma ação de busca e apreensão no Senado para dados para o inquérito que apura a acusação de que o atual presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), atuou para “maquiar” dados da CPI dos Correios, em 2005.
Segundo reportagem de Daniela Lima, a medida, no entanto, foi abortada depois que o Senado garantiu que daria acesso irrestrito aos documentos.
Em delação, o ex-senador Delcídio do Amaral afirma que Aécio teria atrasado o envio de documentos do Banco Rural à CPI para poder “apagar dados bancários comprometedores” e evitar que a apuração sobre fraudes na instituição levasse a nomes do PSDB.
O inquérito sobre o tucano está sob os cuidados do ministro do STF Gilmar Mendes, que chegou a autorizar o pedido, fazendo ressalvas de que a ação fosse discreta e acompanhada por um oficial de justiça do Supremo.
A operação só não ocorreu porque o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), encaminhou ao Supremo petição dizendo que os documentos eram públicos e estavam à disposição da Justiça.(Brasil247)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI