25 março 2019

Inep divulga edital do Enem; prova deste ano será mais cara

O edital do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) foi divulgado nesta segunda-feira (25) no portal do Inep (Instituto Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão vinculado ao Ministério da Educação. A página, contudo, apresentava instabilidade durante a manhã.
O exame será realizado nos dias 3 e 10 de novembro. É composto por quatro provas com 45 questões objetivas cada e uma redação de, no máximo, 30 linhas. As inscrições podem ser feitas de 6 até 17 de maio. Para participar, o estudante deve pagar uma taxa de R$ 85 -no ano passado, o valor era de R$ 82. O pagamento pode ser feito em agências bancárias, casas lotéricas ou nos Correios.
Quem quiser pedir isenção da taxa deve fazê-lo entre 1º e 10 de abril. Vale, por exemplo, para pessoas com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos e estudantes que cursaram todo o ensino médio na rede pública.
O Enem é uma das principais formas de ingresso no ensino superior no país. A nota obtida nas provas podem ser utilizadas no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior, e no FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), que financia cursos em universidades particulares.
Neste ano, terá novidades em relação a anos anteriores, como novo sistema de inscrição, espaço para rascunho da redação e cálculos no caderno de questões e revista de lanches no dia da aplicação da prova. Na última quarta-feira (20), o Inep nomeou uma comissão para fazer uma avaliação ideológica das questões do Enem.
O grupo, composto por três pessoas, terá dez dias para a conclusão dos trabalhos. Foi a primeira medida oficial do governo Jair Bolsonaro (PSL) para interferir em conteúdos educacionais. O objetivo, segundo eles, é expurgar itens que abordem uma suposta “ideologia de gênero”, termo nunca usado por educadores. (FolhaPE)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:

Desembargador do TRF2 manda soltar Michel Temer, Moreira Franco, Coronel Lima e mais 5

(G1 Globo)
A Justiça determinou nesta segunda-feira (25) a soltura do ex-presidente Michel Temer, preso quinta-feira em São Paulo pela Força-Tarefa da Lava Jato no Rio. A decisão é do desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.
A decisão também determina a soltura do ex-ministro Moreira Franco, de João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima, apontado como operador financeiro do suposto esquema criminoso comandado por Temer, e de outros cinco alvos da Operação Descontaminação.
São eles: Maria Rita Fratezi, Carlos Alberto Costa, Carlos Alberto Costa Filho, Vanderlei Di Natale e Carlos Alberto Montenegro Gallo – este último, sem pedido de habeas corpus em seu nome.
Na sexta-feira, o TRF2 tinha informado que os pedidos de habeas corpus do ex-presidente Michel Temer (MDB) e de Moreira Franco (MDB) seriam julgados apenas na quarta-feira (27).
A corte também tinha informado que o caso não seria analisado monocraticamente — ou seja, apenas pelo relator — e que iria para a Primeira Turma Especializada. Agora, o julgamento do mérito dos habeas corpus foi retirado da pauta de quarta-feira.
Athié argumentou na decisão desta segunda que todos os pedidos foram feitos até 17h de sexta-feira, mas que não houve tempo hábil de tomar uma decisão ainda na semana passada. “Não tinha, assim, a menor condição de, naquela tarde, decidir com segurança”, escreveu.
O desembargador diz ainda que aproveitou o fim de semana para ler todos os documentos. Na quarta, a Primeira Turma Especializada julgaria o caso.
“Ao examinar o caso, verifiquei que não se justifica aguardar mais dois dias para decisão, ora proferida e ainda que provisória, eis que em questão a liberdade. Assim, os habeas-corpus que foram incluídos na pauta da próxima sessão, ficam dela retirados”.
Entretanto, também diz que houve “caolha interpretação” e que a prisão foi embasada em “suposições de fatos antigos, apoiadas em afirmações do órgão acusatório, “ao qual não se nega – tem feito um trabalho excepcional, elogiável, no combate à corrupção em nosso país”.
“Tem-se fatos antigos, possivelmente ilícitos, mas nenhuma evidência de reiteração criminosa posterior a 2016, ou qualquer outro fator que justifique prisão preventiva, sendo que os fatos em análise envolvem a Eletronuclear, cuja ação penal principal já este sentenciada, ora tramitando neste Tribunal, em face de apelação das partes”.
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
23 março 2019

Milhares de pessoas tomam as ruas do país contra o desmonte da Previdência

Manifestações foram organizadas por dez centrais sindicais e pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo

Aproximadamente 60 mil pessoas se reuniram na Avenida Paulista, em São Paulo (SP), em defesa da Previdência - Créditos: José Eduardo Bernardes
Aproximadamente 60 mil pessoas se reuniram na Avenida Paulista, em São Paulo (SP), em defesa da Previdência / José Eduardo Bernardes
No dia nacional de Luta em defesa da Previdência, manifestações ao redor do país reuniram milhares de pessoas durante toda a sexta-feira (22). Os atos foram organizados por dez centrais sindicais e pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e são uma resposta à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 6/2019, enviada em janeiro ao Congresso Nacional pelo governo Jair Bolsonaro (PSL). Sindicalistas e ativistas querem barrar o avanço da PEC e criar força social para uma greve geral nos próximos meses.
No Rio de Janeiro (RJ), o ato reuniu cerca de 30 mil pessoas na região da Candelária, centro da cidade. A professora Sarah Ragaglia, 41, foi na manifestação com a filha Atena, de 1 ano. Ela considera a PEC uma “covardia”, principalmente, para nova geração que vai ter que começar a trabalhar cada vez mais cedo em prejuízo dos estudos. “A tendência é a gente fazer com que os jovens ingressem cada vez mais cedo no mercado de trabalho, sem estimular uma formação mais especializada, sem estimular o estudo”, lamentou.
Gabriella Sena, 22, é estudante do sexto período de enfermagem e também foi ao protesto. Ela lembrou que a proposta do governo prejudica ainda mais as mulheres. Como o curso de enfermagem é majoritariamente feminino, caso a proposta do governo seja aprovada, o impacto na área será ainda maior. “Lutar contra a reforma da previdência é lutar a por todos os direitos e também pela saúde”, explicou a estudante.
Um relatório do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostra que a desigualdade que mulheres enfrentam no mercado de trabalho deve ser analisada junto com a reforma. Mulheres ganham menos que homens, são a maioria dos desempregados, trabalham sem carteira assinada, e além disso trabalham mais horas por semana.
Em São Paulo (SP), cerca de 60 mil pessoas estiveram presente no ato na Avenida Paulista. Lucas Arcanho é professor da rede estadual. Para ele, a população está pagando por algo que não deveria. “Nós não temos que pagar a conta. Nós vimos que muitas empresas foram perdoadas de suas dívidas com a previdência. Nós acreditamos que  as empresas deveriam  pagar as suas contas e não cobrá-las do povo, mas essa política liberal tende a massacrar o povo e fazer que o povo pague a conta do estado”, protestou.
Francisco Leite Duarte tem 72 anos e já é aposentado. Mesmo assim, esteve presente no protesto porque acredita que, além dos prejuízos pra nova geração, a reforma pode impactar o reajuste no valor que ele já recebe. “Eu estou na luta, brigando pra mim, pelos meus filhos e pelo meu neto. É uma luta contínua. E eu vou lutar, enquanto eu puder lutar, eu vou estar lutando”.
Maria Zilda é auxiliar de serviços gerais e tem 58 anos. Ela afirma que, com a nova idade proposta para aposentadoria, muita gente não chegue a se aposentar. Apesar disso, está otimista e acredita na possibilidade dos protestos barrarem a implementação da PEC. “Todo mundo unido temos [chance] sim, agora um sozinho não, mas todo mundo unido com certeza teremos”, reforçou.
O aposentado Francisco Leite Duarte, 72, também foi À manifestação. Ele diz que teme não só pela nova geração, mas também por ele, que pode não ter reajustes. (Foto: Pedro Aguiar)
Em Florianópolis (SC), em ato que reuniu dezenas de pessoas, mesmo debaixo de chuva, Edileuza Fortuna, diretora da Intersindical da cidade, também está esperançosa. “A gente tá iniciando uma nova jornada. A gente já derrotou a reforma do Temer e a gente vai derrubar essa reforma”, disse. Ela também aproveitou para convocar trabalhadores de todo o país a conversarem com suas famílias e grupos de convívio para falar sobre os problemas da PEC proposta pelo governo.
Já em Recife (PE), cerca de 10 mil pessoas se reuniram na tradicional Praça do Derby. Marilourdes Moreira, professora, foi protestar pelo direito à Previdência Social. Ela estaria próxima de receber a aposentadoria, mas, com a reforma, teme não conseguir. “Essa proposta não pode passar da forma que está”.
Em Fortaleza (CE), o ato reuniu aproximadamente 30 mil pessoas.
De manhã
Vários atos começaram já pela manhã. Em Salvador (BA), cerca de 10 mil manifestante saíram em passeata contra a destruição da previdência brasileira. Em Curitiba (PR), a manifestação começou às 9 horas da manhã. Já em Goiânia (GO), logo cedo uma carreata ocupou o estacionamento do Estádio Serra Dourada e seguiu para BR-153.
Além das capitais, centenas de municípios do interior tiveram atos contra a reforma da Previdência.
Blog Bruno Brito
Compartilhar:

Família encontra com vida, mulher que estava desaparecida a 9 dias na zona rural de Afrânio-PE.

De acordo com informações repassadas ao blog, Maria Elenilza Teles Rodrigues, conhecida por Nira, foi encontrada com vida, neste sábado (23) no sítio Umbuzeiro, zona rural de Afrânio (PE).

Os familiares agradecem a todos que ajudaram de uma forma ou de outra na procura de Nira, que agora vai receber os cuidados que necessita.

Blog Bruno Brito
Compartilhar:
22 março 2019

Prisão de Temer é vista com ressalvas por lideranças de Pernambuco

A prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB) pela força-tarefa da Operação Lava Jato do Rio de Janeiro, ontem, repercutiu entre os políticos. De maneira objetiva, o senador Jarbas Vasconcelos, também do MDB, foi enfático e disse apenas que “a prisão de um ex-presidente nunca é algo a se comemorar. Mas decisão da Justiça não se discute”. Já o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou, antes da entrega do Anuário da Secretaria da Mulher de Pernambuco, ontem, que tem acompanhando “o que tem saído na imprensa” e que “sempre vê com preocupação esse tipo de questão”. Para Câmara, por tratar-se de um ex-presidente, o tema merece uma atenção redobrada. “Ao mesmo tempo, não cabe pré-julgamentos. Nós temos que confiar nas instituições, sem prejulgar. E, ao mesmo tempo, esperando que tudo seja esclarecido”, complementou o gestor estadual.
Presidente do PSB nacional, Carlos Siqueira, por meio de nota, ressaltou que a sigla fez “ampla e firme oposição ao governo do ex-presidente Michel Temer, posicionou-se contra todos os itens de sua vasta agenda ultraliberal, solicitou seu impedimento”, mas fez ressalvas à prisão do ex-presidente. “Apesar desse histórico, não podemos aceitar que a prisão de qualquer cidadão, inclusive de um ex-presidente da República, ocorra sem a mais estrita observância do devido processo legal e do direito de ampla defesa. Não há democracia, quando os direitos individuais não são rigorosamente observados, independentemente do clamor que cada situação particular possa suscitar”.
A vice-governadora Luciana Santos, que é presidente nacional do PCdoB, por sua vez, lembrou que o seu partido tem “muita tranquilidade” em dizer que votou a favor do afastamento do ex-presidente para que ele fosse investigado e que, apesar dos indícios de crimes que ele pode ter cometido, ela frisou que as instituições e o devido processo legal precisam ser respeitados.
“Nós somos daqueles que defendemos o Estado Democrático de Direito ou o devido processo legal. Ainda não houve tempo suficiente para ver as condições desse tipo de prisão”, disse Luciana. “Ele tem várias denúncias, inclusive envolvendo o Rocha Loures, com aquela mala que todo mundo viu no Brasil todo. Mas é necessário observar o devido processo legal. Isso é o que nós estamos na expectativa de compreender melhor quais são as motivações da prisão e que se possa ir às últimas consequências para se apurar”, complementou.
“Embora tenham muitas denúncias que possam ser apuradas, nós, inclusive eu, que votei pelo afastamento dele para que ele fosse investigado, não comemoro nada que seja arbitrário. Por mais que a gente tenha posições diferentes, nós queremos o respeito ao Estado Democrático de Direito”, finalizou.
O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do Governo Bolsonaro, emitiu uma nota oficial sobre a prisão do ex-presidente. “Com tristeza, recebemos a notícia da prisão preventiva do ex-presidente da República Michel Temer. Neste momento, reiteramos a nossa confiança nas instituições e esperamos que os fatos investigados sejam esclarecidos. (FolhaPE)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:

Temer ficará preso na sede da PF no Rio

O juiz Marcelo Bretas decidiu manter o ex-presidente Michel Temer na superintendência da Polícia Federal do Rio. Ele disse que o tratamento deve ser o mesmo dado ao ex-presidente Lula, preso na Polícia Federal de Curitiba desde abril de 2018.
“Entendo que o tratamento dado aos ex-presidentes deve ser isonômico, uma vez que o ex-presidente Lula está custodiado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba”, escreveu o juiz.
Inicialmente, Bretas havia determinado que Temer fosse enviado ao Batalhão Especial Prisional (BEP), unidade gerida pela Polícia Militar do Rio em Niterói, na região metropolitana da capital, onde está hoje o ex-governador Luiz Fernando Pezão.
A mudança ocorreu a pedido da defesa de Temer e após manifestações favoráveis tanto da Polícia Federal quanto do Ministério Público Federal.
O ex-ministro Moreira Franco deve ficar no BEP, segundo decisão de Bretas. Na unidade, que é reservada a policiais, há uma sala de Estado Maior, onde ficam os oficiais -e onde hoje está Pezão, que recebeu tratamento diferenciado de outros acusados de participar do esquema de corrupção do ex-governador Sérgio Cabral por ter sido preso no exercício do cargo. (FolhaPE)
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
21 março 2019

Miguel Coelho diz que prisão de Temer mancha a história da democracia brasileira

O prefeito de Petrolina Miguel Coelho disse em entrevista nesta quinta-feira (21), que a prisão do ex-presidente Michel Temer é considerada “trágica para a democracia do país”.
“É um dia trágico para o país. É importante que isso mostra que os poderes são independentes, mas sem dúvida alguma mancha a história da democracia brasileira. Temos que ter o cuidado, pois existem pessoas sendo presas por denúncias sem provas, nem acusação foi feita e a pessoa tem a sua liberdade privada, no Brasil as pessoas são presas antes de serem condenadas. Não podemos manchar a honra de pessoas que trabalharam e defenderam o Brasil”, disse Miguel Coelho
Fonte: Blog Edenevaldo Alves
Blog Bruno Brito
Compartilhar:

Por Enos Andre- A IMAGEM DO CAOS


Artigo do Professor Enos André publicado na sua rede social Facebook.


A IMAGEM DO CAOS...

Observando a imagem de pessoas em uma fila enorme para receber atendimento médico e a denuncia que parte das Unidades Básicas de Saúde não estão funcionando a contento por falta desse profissional, faz renovar diferentes imagens do mesmo caos:

A primeira delas: Por quantos médicos essas multidão será atendidas? Será que é humanamente possível um médico atender mais de 40 pacientes e não cansar, estressar?

Agora junte a imagem dessa publicação com o vídeo do apagão que ocorreu recentemente no Hospital Maria Coelho.

Junte essa imagem também com os últimos resultados do IDEB/Prova Brasil. Com a falta de valorização dos profissionais da educação, do sucateamento de várias máquinas lá no Setor de Transporte.

Junte também a imagem da fila ao abandono da Cozinha Comunitária.

Deu para juntar tudo?

Para ampliar o contexto ainda tive o desprazer de ler uma matéria plantada no Blog Carlos Britto afirmando que o TCE "julgou improcedentes denúncias formuladas por vereadores de oposição, sobre possíveis irregularidades no primeiro ano de gestão". Por que o desprazer? Simples, o TCE julgou Procedente em parte tais atos e ainda aplicou uma multa no valor de R$4.120,00 (Quatro Mil e Cento e Vinte Reais), mas isso a matéria não divulgou.

Eis o link para que todos tenham conhecimento da verdade:


Por fim, não necessariamente o fim, é por essas e outras que tenho afirmado ser esta gestão pífia em sua essência e não cumpridora do seu slogan maior que seria cuidar das pessoas. Estão sim cuidando de algumas pessoas, só estão descuidando do povo.

Espaço Aberto para o pronunciamento da gestão!

Enos André de Farias

Mestrando em Educação, Cultura e Territórios Semiáridos/UNEB
Bacharelando em Direito/FACAPE
Especializado em Gestão Pública Municipal/UNIVASF
Especializado em Metodologia do Ensino de História/IBPEX/FACINTER
Licenciado em História/UPE

Blog Bruno Brito


Compartilhar:

Lava Jato prende Michel Temer; PF faz buscas por Moreira Franco

A Força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu Michel Temer, ex-presidente da República, na manhã desta quinta-feira (21), em São Paulo.

Segundo informações do G1, Temer será levado ao aeroporto de Congonhas, onde embarcará em um voo para o Rio. O ex-presidente deve fazer exame de corpo de delito no IML, em um local reservado, e não deve ser levado à sede da Polícia Federal da Lapa. 

Os agentes ainda tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia. De acordo com o jornal “O Globo”, a PF faz buscas também pelo ex-ministro da Casa Civil Eliseu Padilha. Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Desde ontem, a Polícia Federal tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. 

De acordo com o G1, ainda não está claro a qual processo se referem os mandados contra Temer e Moreira Franco. O ex-presidente Michel Temer responde a dez inquéritos. Temer foi o 37º presidente da República do Brasil. Ele assumiu o cargo em 31 de agosto de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff, e ficou até o final do mandato, encerrado em dezembro de 2018. [Notícia em atualização – 11h41 – (noticias ao minuto)  

Blog Bruno Brito
Compartilhar:
20 março 2019

Concurso Câmara de Petrolina PE 2019 – Edital e Inscrição

Resultado de imagem para camara de vereadores de petrolina
Foi publicado o novo edital normativo do concurso da Câmara Municipal de Petrolina, estado de Pernambuco. A seleção foi anunciada pelo Diário Oficial do Estado na manhã dessa quarta-feira(19) e tem 20 vagas abertas e cadastro de reserva em cargos de ensino médio e superior, com reserva de 5% para portadores de deficiência.
Os salários das carreiras variam entre R$ 1.400,00 e R$ 4.700,00 por jornadas de trabalho de 30 horas por semana. Veja as oportunidades de ingresso:

Vagas abertas

Nível médio e técnico – Agente Administrativo (6), Assistente Legislativo (6), Eletricista (1), Recepcionista (2) e Técnico em Audiovisual (1).
Nível superior – Analista de Controle Interno (1), Jornalista (1), Procurador Legislativo (1) e Analista em Informática (1).
As inscrições no concurso deverão ser realizadas até as 23h59min do dia 14 de abril de 2019, pela internet, por meio do endereço eletrônico da organizadora – www.idib.org.br. A taxa de inscrição será de R$ 100,00 para cargos de nível médio e R$ 130,00 para nível superior.

Provas

O concurso terá provas objetivas com 40 questões sobre língua portuguesa, noções de informática, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos para todos os cargos, mais prova discursiva para Procurador e prova de títulos para todos os cargos que exigem ensino superior. As provas serão realizadas no dia 02 de junho, em locais e horários que serão divulgados oportunamente pela organizadora em seu site.
O prazo de validade deste concurso é de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez por igual período, a critério exclusivo da Câmara Municipal de Petrolina-PE. Veja mais no edital completo do concurso:
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
Postagens mais antigas → Página inicial

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI