09 janeiro 2017

Eles erram sempre

Todos nós sabemos o que é uma ação desonesta, mas o que é a honestidade, isso, ninguém sabe.

Uma eleição é feita para corrigir os erros da eleição anterior, mesmo que o agrave. Atenção, pois o resultado das eleições nos inspira para uma renovação, mas podem acabar se perdendo novamente em tantas decepções.

Não há explicação sobre o descaso com a população. Exposições retóricas são feitas. Responsabilidades, no entanto, não são assumidas. O culpado é o outro. Jamais o autor da contingência. Pode passar 40 anos, mas o culpado sempre será do antecessor, "é hoje e, será daqui a quatro anos." Sempre foi e sempre será!

Muito de otimismo pode dar lugar a grandes frustrações. Jamais poderia imaginar um cenário tão estonteante. Irreal. Adversários de ontem tornam-se aliados eternos. Titulares das mais diversas maneiras de ver à sociedade, se unem despudoradamente. Não há ideologias. Muito menos doutrinas claras. Tudo é confuso e desmoralizante. A direita soma-se à esquerda. Reacionários agregam-se a progressistas. 

O eleitor é considerado um ingênuo a ser enganado. E como. Com promessas faraônicas. Propostas inexequíveis. Discursos imponentes. Falas sem oração principal. Jânio Quadros, conhecido por suas tiradas irônicas, afirmava que nada mais imprevisível que os políticos no cio eleitoral. Ficam excitados. São capazes das mais inoportunas atitudes. A realidade brutal está presente nos hospitais desassistidos. Nas ruas esburacadas da periferia das cidades. Ou nos serviços públicos deficientes.

O PRESENTE 

O que vemos hoje é uma exposição de veículos "sucateados" atribuindo culpa ao antecessor, sendo que vários são os motivos que podem ter ocasionado a tal falha. Desde a vontade própria (pior das hipóteses - apurar responsabilidades), bem como a falha humana (motorista - acidente), a uma licitação para comprar tal peça, a falta de recurso para aquisição através dessa licitação.  

Esses fatores, excetuando vontade própria, TODOS estão propícios, inclusive hoje ou amanhã - Imprevistos aconteceram, acontecem e acontecerão. Como todos sabem de ambos os lados tem os correligionários (babões) com os ânimos exaltados, que por decepção, sem consentimento do gestor cometer conduta reprovável.

  • Será que ao final deste quadriênio (2017-2020), toda a frota estará em perfeito funcionamento? 
Bem provável que não, em quase todos os municípios do território nacional, atualmente 5.570 municípios.

Para ficar TRANSPARENTE para o próximo mandato, era quase obrigatório o novo gestor apresentar TODA (quantos veículos em sua totalidade) a frota da Prefeitura, bem com a relação desses que estão sucateados para a população hoje indignada poder fazer sua avaliação futura.

Fonte:Amanhecernoticiasblogspot.com.br

Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

AFRABURGUER





ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PARCERIA
















Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI