30 dezembro 2018

Bolsonaro terá 12 chefes de Estado e de governo em sua posse

A comitiva dos Estados Unidos será chefiada pelo secretário de Estado, Mike Pompeu; representantes de Cuba, Venezuela e Nicaraguá foram vetados

O presidente da Bolívia, Evo Morales, o único bolivariano chamado para a posse de Bolsonaro (Carlos Jasso/Reuters)
VEJA
O presidente eleito Jair Bolsonaro deve receber na cerimônia de posse na terça-feira, 12 chefes de Estado e de governo, incluindo nomes como o do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, com quem já almoçou no Rio de Janeiro nesta sexta-feira 28, e o boliviano Evo Morales, o único presidente do chamado grupo dos bolivarianos sul-americanos a confirmar presença.
Da América Latina, Bolsonaro conseguiu atrair para sua posse nomes alinhados com sua política mais conservadora, incluindo Mario Benítez Abdo (Paraguai) e Ivan Duque (Colômbia), além do presidente do Chile, Sebástian Piñera. Completam a lista de vizinhos Tabaré Vasquez, do Uruguai, o peruano Martín Vizcarra e o hondurenho Juan Orlando Hernández.
A comitiva dos Estados Unidos será chefiada pelo secretário de Estado, Mike Pompeu, apesar da intensa campanha para atrair o presidente americano Donald Trump para a cerimônia. Por tradição, os presidentes dos Estados Unidos não comparecem pessoalmente a posses presidenciais.
A Argentina, parceiro comercial mais próximo do Brasil na região, também será representada por seu chanceler, Jorge Faurie. Envolvido em uma crise política e econômica, o presidente  Mauricio Macri preferiu não sair do país.
Blog Bruno Brito
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

CONNECT VIAGENS E TURISMO






Broomer






ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI











Tecnologia do Blogger.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

MESTRE SERVIÇOS






PARCEIRO






Cachoeira do Roberto 200 Anos

Cachoeira do Roberto 200 Anos

Instagram


Pesquise







Mais Acessadas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI