Uma imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, réplica da original exposta no Santuário de Aparecida, chegou na paróquia São João Batista neste domingo (6). A visita faz parte de uma ação de preparação para o Jubileu de 300 anos do encontro da imagem original que, segundo a Igreja Católica, aconteceu no Rio Paraíba do Sul, em São Paulo. A imagem vai peregrinar por todas as paróquias da diocese de Petrolina.

A réplica chegou no povoado de Cachoeira do Roberto na noite desta segunda feira (08) vinda do povoado de Poção, durante todo o dia desta terça feira a capela de Nossa Senhora das Dores ficará aberta para visitação dos devotos de Nossa Senhora fazer seus pedidos e agradecimentos, as 18h após celebração a imagem peregrina vai para o povoado de Barra das Melancias.

Aparição
Nicho Nossa Senhora (Foto: Fábio França/ G1)
Segundo a tradição Católica, em 1717, três pescadores saíram para pescar em uma época escassa de peixes. Ao chegarem ao Porto Itaguaçu, no Rio Paraíba do Sul, em São Paulo, a primeira coisa que caiu em suas redes foi o corpo de uma imagem quebrada, na altura do pescoço. Num segundo lance de rede, pescaram a cabeça da mesma imagem.
A tradição diz que, juntando as duas partes viu-se que se tratava de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição. Após o encontro da imagem, a pesca de peixes foi farta e os pescadores intuíram a presença e ação de Deus naquele evento que chamaram de milagre.
Por ter aparecido dessa forma, o povo a nomeou de “Aparecida”, nome consagrado pela devoção popular, chegando a ser proclamada Rainha, em 1904, e Padroeira do Brasil em 1930.
Blog Bruno Brito